Distribuidor de Equipamentos Estéticos

Distribuidor de Equipamentos Estéticos Eletroestimulador corporal Ultracavitação Radiofrequência Jato de Plasma



Distribuidor de Equipamentos Dermatofuncional Corrente Russa Lipocavitação Criofrequencia



Distribuidor de Equipamentos Estéticos Eletroestimulador corporal Ultracavitação Radiofrequência Jato de Plasma



Distribuidor de Equipamentos Dermatofuncional Corrente Russa Lipocavitação Criofrequencia



Antes de viajar, você terá muitas coisas para pensar: roupas, malas, roupas de banho, sapatos ... Não se esqueça de manter algum tempo para a depilação! Já estamos em tempo de altas temperaturas. Existem muitos métodos eficientes para se livrar dos pelos indesejados: cera, eletrólise, fotoepilação, etc. A escolha do método que melhor se adequa depende, entre outros, do seu orçamento e tempo que você deseja gastar em cada sessão.

Cera

Três tipos de ceras são usadas para depilação: frio e dois tipos de quente. A cera fria é conveniente e pode ser usada em todas as áreas do corpo, mesmo as mais pequenas. No entanto, não é eficiente nos pelos finos e curtos devido à sua textura. A cera quente, usada sem tiras, é eficiente para depilar as axilas, as pernas ou virilhas, mas não é recomendado para regiões com problemas circulatórios. A cera quente, usada com tiras, é a mais popular com os esteticistas e é adequada para todas as áreas faciais e corporais.

Dica: Quando você se prepara para sair em uma viagem, agende uma consulta antecipada para evitar a exposição ao sol na região tratada durante 48 a 72 horas após a depilação na cera.

Fotodepilação

A fotoepilação (laser ou IPL) proporciona uma redução permanente da pilosidade usando flashes leves que penetram a pele para tratar vários folículos pilosos de cada vez. A região a tratar deve ser raspada de antemão porque a fotoepilação deve ser realizada na pele sem pêlos. Este método é ideal para áreas de corpo grande como as costas e as pernas. No entanto, não é recomendado para áreas que requerem grande precisão, como o rosto (sobrancelhas, lábio superior, etc.). O fotoepilamento não é eficiente nos cabelos claros (loiro, vermelho e branco) e é contra-indicado para o tratamento em peles mais escuras.

Quando se trata de fotoepilação, você deve idealmente evitar a exposição ao sol durante toda a duração do tratamento. No entanto, é recomendado esperar pelo menos 4 a 8 semanas antes de expor a região depilada ao sol. Além disso, se você exagerar no sol, espere 1 a 6 meses (dependendo da gravidade da queimadura) antes de retomar seu tratamento com fotoepilação. Lembre-se use filtro solar.
Eletrólise

A eletrólise é o único método de depilação 100% permanente. Depois de inserir uma sonda no folículo piloso, o técnico envia uma corrente ultra-rápida adaptada ao cabelo e à área tratada. Todas as cores da pele e do cabelo, bem como todas as regiões, podem ser tratadas de forma eficiente. Este método é o mais lento, já que os cabelos são removidos um a um. É ideal para depilação facial e cabelos finos, e também para completar os tratamentos de fotodepilação.

Recomenda-se não expor a região tratada ao sol durante 48 a 72 horas após a eletroepilação.

Independentemente do método de depilação que você escolher, tenha em mente que a aplicação de uma camada grossa de protetor solar é vital para evitar manchas de pigmento. Em caso de dúvidas quanto às modalidades e contra-indicações que se aplicam a você, consulte seu esteticista. Ela irá explicar as precauções que devem ser tomadas e ajustar sua agenda de tratamento para sua data de partida. Tenha uma boa viagem! E disfrute de cada comento.
 

Data: 31/09



Compartilhar: