Distribuidor de Equipamentos Estéticos

Distribuidor de Equipamentos Estéticos Eletroestimulador corporal Ultracavitação Radiofrequência Jato de Plasma



Distribuidor de Equipamentos Dermatofuncional Corrente Russa Lipocavitação Criofrequencia



Distribuidor de Equipamentos Estéticos Eletroestimulador corporal Ultracavitação Radiofrequência Jato de Plasma



Distribuidor de Equipamentos Dermatofuncional Corrente Russa Lipocavitação Criofrequencia



Para mudar o look é preciso termos em mente outras coisas que estão atreladas ao simples cortar o cabelo, mudar a cor, pois uma transformação capilar é coisa séria. Um bom corte ou coloração é capaz de renovar nossas energias, empoderar e dar aquele “up” no astral e na autoestima. Mas essa mudança perdura não dura 4h como a maioria das festas e para que a mudança não cause traumas, é preciso avaliar alguns pontos antes de tomar a decisão e alterar o look por completo.
1. O guarda-roupas
Qualquer que seja o nível da mudança, não se esqueça, ela sempre estará relacionada ao conjunto da obra. Se você tem um cabelo loiro e vai para um castanho médio, certamente precisará alinhar suas roupas com a nova cor para caprichar nas combinações. Se for ousada e ir de um cabelo comprido para um curtinho, vai precisar apostar em camisas diferentes, acessórios modernos, etc.
2. Suas características
Não cometa o engano de basear uma mudança em fotos de famosas. É preciso ter consciência de suas características pessoais e saber ressaltar o que há de melhor em você, e não copiar os outros baseada no momento. Tom de pele, textura de cabelo e traços são pessoais e intransferíveis, isso que nos faz pessoas únicas não é mesmo? Portanto, celebre isso e consulte um profissional que monte uma mudança personalizada.
3. O cabelo 
Procure se basear na textura do seu cabelo, para buscar a nova mudança, esse é um ótimo ponto para pedir ajuda de um bom profissional. Muitas vezes você vê um corte finalizado com escova, mas ele é totalmente diferente do natural, como fazer para manter isso? O ideal é fazer algo que dê para manter no dia a dia, não só quando você sai do salão, pois o novo visual irá te proporcionar um novo astral, novos ares positivos você não vai querer se tornar numa escrava dele não é mesmo? O novo cabelo deve te favorecer em todas as situações e momentos do dia, desde o casual até o que exige uma produção mais elaborada. Se você conseguir manter, ótimo, mas é bom que tenha consciência de todas essas etapas, do contrário uma mudança positiva se torna desgastante e negativa logo no primeiro mês.
4. Cuide dos fios
Passou tintura ou química, então precisa de atenção dobrada. Um processo desses exige que usemos produtos de melhor qualidade, para suprir as necessidades, hidratar regularmente e ter hábitos de cuidado. O cabelo já sofre diariamente pela poluição, luz, pelo estresse, má alimentação, calor excessivo e produtos detergentes que não têm nutrientes. E isso é potencializado quando o cabelo é quimicamente modificado.
5. Evite os finais de semana
Quem nunca reservou a sexta à noite ou o sábado para mudar o visual? Mas é justamente nesses dias que os salões ficam cheios e os cabeleireiros com a agenda lotada, ou seja, você fatalmente ficará nas mãos de um assistente e não terá toda a atenção que gostaria, além de correr o risco de erros pelo excesso de trabalho. Reserve dias mais tranquilos para isso, afinal é seu momento, aproveite.
6. Pintou uma dúvida? Não faça!
Só mude se realmente tiver certeza, não insista por opiniões, se existir alguma dúvida, melhor não fazer. Respire fundo, pense um pouco mais e amadureça a ideia. Quando a gente quer mesmo, não tem dúvidas.
 

Data: 25/07



Compartilhar: